Numa decisão recente que reforça o compromisso com a sustentabilidade, o Conselho de Administração do Fundo Africano de Desenvolvimento (ADF), componente do Grupo Banco Africano de Desenvolvimento (AfDB), aprovou uma garantia de crédito parcial. Este aval é um pilar para a mobilização de financiamento destinado a iniciativas ecológicas e sustentáveis que o Ruanda visa implementar.

Ahmed Attout, director interino do Grupo Banco para o Desenvolvimento do Sector Financeiro, destaca a relevância desta operação: “Demonstra como os países podem tirar partido dos recursos do Fundo Africano de Desenvolvimento de forma inovadora para garantir o financiamento a longo prazo do desenvolvimento”, Ele sublinha que “esta garantia irá desbloquear o financiamento sustentável para o Ruanda, ao mesmo tempo que atrai novos fornecedores de capital para o país, contribuindo assim para a diversificação das suas fontes de financiamento”.

Por sua vez, Aissa Touré, directora nacional do Grupo Banco para o Ruanda, complementou, evidenciando o alinhamento da operação com as estratégias a longo prazo: “A operação ajudará a mobilizar financiamento para investimentos em sectores-alvo alinhados com os objectivos da Estratégia Decenal do Grupo Banco (2024-33) para acelerar o crescimento verde inclusivo e impulsionar economias prósperas e resilientes em África, bem como com a Estratégia Nacional para a Transformação do Ruanda e a Visão 2050”.

A iniciativa possibilitará ao país angariar até 200 milhões de euros, promovendo uma competição saudável entre bancos comerciais internacionais e diversificando suas fontes de financiamento. As receitas serão direcionadas para projectos que abrangem desde energias renováveis até à mitigação das alterações climáticas e segurança alimentar, conformando-se assim aos objectivos de sustentabilidade global.

A consonância deste financiamento com o Quadro de Financiamento Sustentável do Ruanda assegura que os fundos serão alocados a projectos que passam por um rigoroso processo de selecção e avaliação, garantindo transparência e alinhamento com práticas internacionais de sustentabilidade.

O Grupo Banco Africano de Desenvolvimento é a principal instituição financeira de desenvolvimento em África. Inclui três entidades distintas: o Banco Africano de Desenvolvimento (AfDB), o Fundo Africano de Desenvolvimento (ADF) e o Fundo Fiduciário da Nigéria (NTF). Presente no terreno em 41 países africanos, com uma representação externa no Japão, o Banco contribui para o desenvolvimento económico e o progresso social dos seus 54 Estados-membros.