Terça-feira, Julho 23, 2024
No menu items!
More
    InícioNegóciosAgroNegóciosMaputo: Indústria de Cereais Preocupada Com Contrabando de Mercadorias

    Maputo: Indústria de Cereais Preocupada Com Contrabando de Mercadorias

    -

    A indústria de produção de cereais e seus derivados, na província de Maputo, está preocupada com a entrada de mercadoria contrabandeada proveniente da África do Sul, que contribui para a concorrência desleal no mercado nacional, informou esta segunda-feira, 8 de Janeiro, a Rádio Moçambique (RM).

    O órgão explica que o facto tem maior incidência na farinha de milho estrangeira, tida como menos recomendável para consumo, ainda assim vendida no mercado doméstico a um preço abaixo do aplicado no território nacional.

    A preocupação foi apresentada à secretária de Estado na província de Maputo pelo representante do grupo MEREC, Gilberto Macuácua.

    “A farinha chega cá (Maputo) abaixo do preço real. Outra coisa que nos preocupa é a saúde pública, porque existe uma norma sanitária no País que a MEREC e outras empresas estão a cumprir, mas a farinha que vem de fora não obedece a essas regras. O que pedimos não é favorecimento à MEREC ou às outras empresas, mas sim que todos possamos estar no mercado em pé de igualdade”, afirmou o responsável.

    Em reacção, a secretária de Estado, Judite Mussácula, desafiou a indústria moçambicana a apostar na matéria-prima nacional como forma de reduzir o impacto da importação de produtos e dinamizar a economia do País.

    “Temos de produzir mais. Se formos ao encontro de várias associações de camponeses existentes aqui na província, notamos que eles podem abraçar este desafio, mas, muitas das vezes, não sabem como começar. Por isso, temos de nos aproximar e comprar os seus produtos”, explicou Judite Mussácula.

    Siga-nos | Follow us

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir
    - Publicidade -

    MAIS RECENTES